Vegetarianismo

XXII

A Medicina Neo-Hipocrática



Na nossa actividade literária com mais de 40 anos já criámos alguns vocábulos, também aqui devemos ajudar a vivificar o idioma do país onde de novo nascemos, e se possível de outros povos; neste caso, esta palavra não é da nossa autoria.

Ouvimo-la pela primeira vez ao nosso amigo Dr. Adriano de Oliveira, médico que, como já afirmámos teve de mudar de hábitos quando tinha os seus 40 anos. Nasceu recentemente para os mundos superiores, com a bonita idade de 91 anos, tratando pelo sistema que ele dominava de neo-hipocrática.

O que é esta medicina?

Bem, aposta essencialmente na prevenção, e neste campo no regímen vegetariano devidamente aplicado; como nos meios curativos desde a hidroterapia, no uso da musicoterapia, como nos medicamentos químicos, fármacos, quando necessários, como no uso sábio das novas tecnologias, como nas cirurgias,etc.

No fundo faz uma união entre a medicina natural e a alopática, usando-as com discernimento, com sabedoria, para bem dos enfermos.

Somos de opinião que vai ser este o caminho que cada vez mais se irá seguir, para a seu tempo se aplicar a medicina paracelsiana.

Esta do grande médico Paracelso, como de Robert Fludd, como de muitos outros médicos eminentes, será a medicina do futuro a que chamamos de cosmobiomedicina, este vocábulo da nossa responsabilidade. Aqui vai entrar de novo a astrosofia, como a grafologia, a clarividência voluntária, além como já se disse, a transplantação de órgãos mas criados por alta tecnologia e com fins altruístas, como toda um filosofia preventiva, em sintonia com as Leis Divinas.

Só que mais uma vez lembramos que tudo tem o seu tempo.

 

[ Vegetarianismo ]