Vegetarianismo

XV

O Naturismo e as Glândulas Endócrinas



Parte I

Uma das áreas onde o regímen vegetariano é mais útil trata-se sobre as glândulas endócrinas.

O que são estas glândulas? Bem todo o mundo começa a saber algo sobre elas face às doenças, umas ligadas à tiróide e às paratireóides; outras, à epífise e à hipófise; outras ainda, às supra-renais; outras, aos órgãos sexuais, como sobre a glândula timo e o baço. Sim, o baço também.

Estamos perante pequenos, grandes órgãos fundamentais para o funcionamento do nosso organismo físico com influências nos outros corpos, vital, de desejos e na mente. Elas segregam produtos chamados de hormônios que têm uma poderosa influência em nossa vida.

Temos falado sobre a Lei da Causa e do Efeito que actua em nossas vidas, incluindo sobre a saúde e sobre as doenças. Basta um pequeno exemplo: o alcoolismo produz sérios problemas sobre a saúde, podendo ocasionar a morte.

Mas não são só os maus hábitos alimentares que produzem efeitos, também os hábitos mentais, emocionais, etc.

No nosso último livro A ROSACRUZ E PORTUGAL FALAMOS SOBRE A MELATONINA QUE É COMPOSTA POR UM PRODUTO CHAMADO DE SEROTONINA QUE É SEGREGADA PELA GLÂNDULA EPÍFESE OU PINEAL. Nele alertamos para os perigos dos fundamentalismos, dos fanatismos, do mau uso do pensamento, por meio da manipulação das pessoas, das informações, dos perigos da demagogia como das atitudes déspotas, tiranas, tal como da magia cinzenta ou pior ainda da negra, seja pela droga, pelo mau uso das tecnologias procurando dominar as mentes dos outros, por intrigas, etc.

As crianças mentalmente atrasadas têm problemas diversos e um deles está relacionado com a epífise. Esta glândula melhora por meio de uma vida pura, altruísta, amorosa, fraterna, aspirações elevadas, por meio do cultivo do domínio de si mesmo (jamais dominar os outros nem deixar-se dominar mesmo para fins ditos altruístas). Nestes casos a glândula aumenta de tamanho. Ela está localizada no interior da cabeça numa depressão do osso esfenóide, situada entre os dois olhos, na retaguarda da raiz do nariz, onde se unem os dois nervos ópticos.

Quando há problemas com esta glândula eis doenças mentais, alucinações, esquizofrenia, etc. Descobriu-se que as bananas, as ameixas, como uma espécie da figueira, a Ficus religiosa sob a qual Buda se sentou e recebeu Luz, contem serotonina.

A luz influencia esta glândula, por isso, convirá vivermos e trabalharmos numa casa onde a luz solar entre à vontade; contactarmos com a Natureza, ar livre. A falta de Sol ocasiona problemas depressivos ainda. Esta glândula é altamente prejudicada pelas drogas, especialmente pela conhecida LSD, como por abusos sexuais.

Será que o tratamento dos problemas mais ou menos graves com estas glândulas são curados por meio de injecções ou por via oral com produtos sintetizados em laboratórios?

O caminho para curar é mais complexo e exige mudanças de hábitos em todos os aspectos da nossa vida, nada escapa à Lei da Causa e do Efeito e só há cura quando vamos às causas dos problemas, só quando forem eliminadas é que cessarão os efeitos, doenças.

Analisando esta glândula sob as investigações da astrosofia, ou da cosmobiomedicina, concluímos que está correcta a análise acima focada, ou seja sobre os fundamentalismos, etc. etc, etc.

Portanto, neste caso, como Neptuno rege o Signo Piscis, ligado ao destino maduro, concluiu-se ainda que urge saber viver em sintonia com as Leis Divinas pois não há outra solução duradoira, tudo o resto são paliativos que não dão cura para sempre.

E a saúde devia ser o nosso estado normal. Sê-lo-á quando vivermos a Lei do Amor Puro em todos os aspectos da vida.

 

[ Vegetarianismo ]