Vegetarianismo

X

Depois de Cristo



As hipóteses da sobrevivência dos seres humanos na Terra,

como a saúde de cada qual serão altamente aumentadas

na medida em que se fizer a mudança para o vegetarianismo.

Albert Einstein


Muitas Escolas continuaram os Puros Ideais oriundos de um passado mais ou menos remoto.

Desde os Alquimistas, aos Paracelsianos, aos Rosacrucianos, até a muitos membros de Ordens Religiosas, o vegetarianismo foi sempre cultivado como Ideal.

Antes porém, a maioria das grandes figuras da História foram vegetarianas.

Além das que já mencionámos, muitos dos quais nem sabemos o nome, temos Confúcio, Buda, Jâmbico, Plutarco, Séneca; depois de Cristo: Plotino, Porfírio, Orígenes, São João Crisóstomo, S. Jerónimo, São Clemente de Alexandria, Leonardo da Vinci, Beethoven, Voltaire, Leibniz, Paracelso, Goethe, Anne Besant, Max Heindel, e tantos outros, todos eles também defensores da Lei dos Renascimentos.

Um dos pensamentos mais interessantes sobre esta área foi emanado por esse grande escritor e anarquista Bernard Shaw: Quando o ser humano mata um tigre, é desporto; mas se o tigre mata um homem, é ferocidade.

Não devemos ser tão excessivos, mas sejamos claros, temos de ser prudentes perante os animais ferozes, de um modo geral todos são carnívoros, por Natureza, não o ser humano que nem dente sectório ou carniceiro tem, mas devemos subir nas asas do amor e da fraternidade até que tenhamos o poder de estar ao lado de qualquer animal sem perigo algum, podendo dizer, como São Francisco de Assis: meu irmão lobo.

Mas ele também dizia minha irmã água, esta a nossa principal bebida, fonte de vida, sem a qual não podemos evoluir na Terra.

Aqui eis um campo que vamos focar mais à frente e que cada vez mais nos está afectando.

Podemos viver sem petróleo, mas não sem água.

E o que temos feito com este bem precioso?

Como estão os rios e os oceanos? E as linhas de água? Os nascentes? Como estão os solos? A nossa irmã terra? E o nosso irmão vento?

Vegetarianismo a base da ecologia eis uma necessidade cada mais urgente.

(Continua)

 

[ Vegetarianismo ]