Vegetarianismo

VIII

Hipócrates, O Pai da Medicina



Que o teu alimento, seja o teu medicamento.

Hipócrates


Quem é que já não ouviu falar em Hipócrates? Bem, muitas pessoas, mas também muitos o ignoram. Não será de admirar, porque todos nós somos ignorantes. Nós somos, ninguém sabe tudo, aliás o que pensamos saber não é mais do que nada em relação ao que desconhecemos.

Pois é, Hipócrates foi um célebre médico, já filho de um outro da arte de Apolo, cujas datas do nascimento e da morte se ignoram, apontando-se para o ano de 460 a.C. o seu nascimento, como terá vivido mais de cem anos, 350 pode ser uma data provável da sua morte.

Seja como for, deixou obra notável.

Podemos considerá-lo como o inventor da ciência e arte médica.

Ainda, hoje, os médicos prestam o seu juramento na base do de Hipócrates que fez Escola para Iniciados, dado que a arte de curar era considerada como sagrada.

Vivendo no século de Péricles, do período áureo da Atenas, da antiga Grécia, como dos tempos de Platão e de tantos outros, viajou por muitos países, incluindo pela Palestina.

Bem, a verdade é que antes dele já existia medicina, já em diversas culturas era praticada e alvo de investigações, só que Hipócrates deu-lhe um novo impulso, daí ser conhecido pelo “Pai da Medicina” embora tal título seja algo exagerado.

Sua obra vai desde a Anatomia até à influência do clima na saúde, o que está actualizada, em parte.

Também no campo do Nutricionismo que desenvolveu, eis o defensor do vegetarianismo, do valor dos alimentos para a prevenção e cura das enfermidades.

Como nem só do pão vive o homem os métodos de prevenção e de cura têm de ser muito mais abrangentes, em todos os domínios. Os pensamentos e as emoções envenenam o nosso corpo, por vezes mais do que muitos dos alimentos.

Por isso, cada vez se defende a chamada medicina neo-hipocrática, que englobará todo o progresso real para as áreas da prevenção e da cura, com mente aberta a todas as correntes desta grande e valiosa área, no que cada uma tenha de real valor e em que entrem todos os profissionais de saúde, com mentalidade humilde e amorosa.

Vale a pena ler o juramento de Hipócrates tal como ele redigiu, entre eles que jamais um médico deve usar um medicamento para obstar a concepção ou a gestação; como deve ser gratuita, etc, etc.

(Continua)

 

[ Vegetarianismo ]