Obras Colectivas


Poiesis, Volume XXVIII

Capa de Poiesis, Volume XXVIII
Capa da Obra

Notas breves

Cooperar deve ser a nossa atitude em todos os aspectos da vida. Por isso, entendemos que devíamos colaborar em edições de obras colectivas, como é este o caso, acima focado.

É já o XVIII volume, mas vale mais tarde do que nunca.

Trata-se dum projecto cultural e literário da Editorial Minerva, sob o tema: Antologia de Poesia e Prosa Poética Portuguesa Contemporânea, com coordenação de Ângelo Rodrigues e ligada a autores da CPLP- Comunidade dos Países de Língua Portuguesa o que lhe dá maior valor.

Todos temos o dever de defender e divulgar o idioma português, as suas culturas universalistas, diversificadas, espalhadas pelos diversos Continentes.

Trata-se dum projecto único em Portugal e na CPLP.

Pela nossa parte colaborámos com 4 poemas sob os títulos:

1) Acabar com as guerras;

2) Cântico à Rosa;

3) Hino ao Amor e

4) Na era das mudanças.


Lançamento da obra

No Auditório Carlos Paredes, Junta de Freguesia de Benfica, Avenida Gomes Pereira, 17-Benfica-Lisboa, no dia 27 de Fevereiro de 2010, pelas 16H30 irá ter lugar a apresentação dos 53 autores que colaboraram e da obra, por Ângelo Rodrigues.

Zélia Filipe e von Trina farão a selecção e leitura de 3 Poemas da obra.

Momento musical por Cristina Estrompa e banda.

Segue-se um marcador desta obra no qual estão mencionados os nomes dos autores.


Nomes dos 53 autores por ordem alfabética, que inclui alguns autores da CPLP bem como escritores portugueses residentes em outros países.

Adelaide de Freitas * Ana Paula Mabrouk* António Gallobar* Carlos Barroso* Carlos Costa* Carolina Taveira * Carvalho Marques * Cátia Santos * Celeste Saiedi * Delmar Domingos de Carvalho * Diogo Cantante * Eduardo Augusto Andrade * Elsa M. * Emílio Lima * Giselle Dumont Reis * Helena Vidal * Herlander Carvalho * Irondina Viegas * Isabel Rosete * Isabel Valentino * Jeracina Gonçalves * João Filipe Pimentel * João Francisco da Silva * José António de Sousa Pinto * José Branquinho * Lúcia Lupenny Rodrigues * Luís Filipe dos Santos Rodrigues * Luísa Ferreira Redondo * Manuel de Sousa * Maria do Céu * Maria David * Maria Flor * Maria Helena Dinis Prata Tomás * Maria Victória Rodrigues Pereira * Mário Beirão * Natália Canais Nuno * Natália Patrício * Pais Garcia * Paula da Ponte * Pedro Belo Clara * Pedro Ferreira * Piedade Araújo Sol * Ricardo Clímaco * Roberto Tavares * Rosélia Maria Guerreiro Martins * Rute Silva * Sara Madaleno * Sérgio Fonseca * Severino Moreira * Shinya Jordão * Sílvia Soares * Valentina Silva Rato * Valquíria di Aragon.

Como diz Ângelo Rodrigues no Preâmbulo:

A obra em presença resulta de uma comum paixão; não é apenas um espaço de divulgação poética e para-poética com ecletismos, “ecumenismos”, nostalgias, futurismos, diferenças, atitudes, descobertas, revelações... pretende também e mais do que tudo, aferir, “fazer-desenvolver” e facultar uma alternativa intercultural e se possível transcultural, estabelecendo um sistema global de comunicação, de crítica e debate – ser alternativa, dar expressão e sentido aos processos criativos em Língua Portuguesa.

Alguns versos do poema

Acabar com as guerras

Andamos em guerras sem parar.../ desde os tempos dos calhaus até aos teleguiados, / Basta de tanto lutar, / Deixemos de ser manipulados. /

Oh, Cidadãos! É tempo de acordar, / Deixemos os camuflados, / Vamos Confraternizar, / Já chega de soldados. /... Não mais armas para brincar.

 

[ Obras Colectivas ]