É Natal

Amor e Luz de Cristo

 

Nunca será demais lembrar que “tal como em cima é em baixo”. A Vida de Jesus-Cristo, como toda a criação divina, está profundamente ligada à Vida Universal da “Sempre Essência Existência”. Como sabemos, o Seu novo nascimento tem lugar no Solstício do Inverno, hemisfério Norte, na noite mais larga do ano, quando o Sol entra no signo governado por Saturno: Capricórnio, o oposto a Câncer governado pela Lua, quando este signo está no Meio do Céu e Virgo, no horizonte oriental.

Jesus nasceu de uma Virgem, numa manjedoura, (creche), “Praesepiu, en latim”, na cidade de Belém, Latitude 32º Norte (S.Lucas, cap.II, vers. 7) onde surgem representados o boi e o jumento, nos evangelhos apócrifos. O protótipo ideal da Imaculada Concepção é, assim, representada, ano após ano, de um modo Elevado.

O número 32, 3+2=5, simboliza o pentagrama ou o pentágono, intimamente ligado à proporção do número de oiro, 1,617, expressão da Vida, o algarismo 5, sendo igual a 1 (unidade) mais 4 (a crucificação), libertação do espírito sobre a cruz dos quatro elementos que foram inscritos sobre a Cruz do Gólgota, INRI, em Jerusalém, onde teve lugar a Ressurreição, a Vitória da Vida sobre a morte. Contudo, a sua pregação teve lugar, essencialmente, na Latitude de 33º, na Galileia, assim como o célebre Sermão da Montanha. Aqui, 3x3= 9, o número da Humanidade que será salva, 144 000, (Apocalipse, Cap. VII, vers. 4 a 8), como o da Besta: 666, que nós devemos vencer. É interessante verificar que a Latitude da Sede da Fraternidade Rosacruz Max Heindel é também 33º Norte, idade com que Jesus-Cristo terminou a Sua Grande Missão. E como o acaso não existe, são dados para meditar.

Belém, em hebreu “Bêth-Lehem”, significa “Casa de Pão”. Cristo é o Pão da Vida, graças a Ele a Iniciação ficou aberta para todos.

Sobre o lugar do Seu nascimento, o zénite estava, como nós sabemos, no Signo Câncer. Nesta Constelação, chamada origem da Vida, ou novo nascimento no Mundo Físico, por meio das Forças Lunares, governadas pelo Espírito Santo, temos, não somente um cúmulo estelar, chamado “praesepiu” que significa manjedoira, alimento, mas ainda “Casa de Pão”, Belém. Nela se situam as estrelas “Asellus Borealis”, “Gamma Cancri” e “Asellus Australis”, “Delta Cancri”.

Como se sabe, Asellus, significa burro. Nós constatamos, uma vez mais, a Verdade do axioma que em cima foi recordado, ao qual Max Heindel e os rosacrucianos se referem várias vezes.

Graças ao movimento de precessão dos equinócios, no momento do Seu nascimento, no plano cósmico, o eixo da Terra apontava para a Constelação Áries, O cordeiro. Isto significa que o símbolo do Tabernáculo no deserto, Templo iniciático dos Atlantes, da Idade de Taurus, será substituído pelo caminho do Cristianismo Esotérico que só terá lugar, verdadeiramente, quando nós entrarmos na Era de Aquário, “o homem da bilha”, a que Cristo se referiu. No signo oposto temos Escorpião, símbolo da Morte e da Iniciação. Daí a presença do Touro no Presépio.

Todos, mas mais ainda os cristãos, ao seguirem as suas Religiões Exotéricas, têm deveres acrescidos, respeitando todos os credos, de seguirem os puros ensinamentos de Cristo que se resumem a amar a Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como a nós mesmos.

Quanto aos que escolheram o caminho estreito para a Unidade da Vida, por meio da iniciação, Cristo sendo o Ideal, têm maiores obrigações em O servir com amor e humildade. Maiores deveres têm os cristãos rosacrucianos, como maiores são as suas responsabilidades, vivendo os ideais aquarianos.

É NATAL, o Amor e Luz de Cristo estão mais fortes, saibamos segui-Lo.

 

[ Artigos de opinião ]