Os livros, A Flor da Esperança, 2ª Edição

e a Pintura com Palavras, III Tomo,

publicados pela Chiado Editora.



Tiveram o primeiro lançamento na Sociedade Portuguesa de Naturalogia, em Lisboa, muito perto do Largo Camões e da estátua em honra de Eça de Queiroz.

No passado dia 6 de Abril, pelas 16H30, apresentámos ao público os meus dois últimos trabalhos, na sede da SPN.

O evento foi aberto pela Dr.ª Camila Figueiredo, em representação da Chiado Editora, tendo afirmado que, embora apenas tenha conhecido há aproximadamente um ano o escritor Delmar Carvalho, todavia deu já para ver que estamos perante uma pessoa muito humanista, cheia de ideais, que escreve com clareza sobre temas profundos, e que os analisa com realismo, apontando novas linhas para a solução dos problemas, como se trata de um autor com grande capacidade criativa. Neste espaço de tempo estão já publicados estes dois livros, havendo um outro sob o tema: CONTOS E TRADIÇÕES, NAS QUATRO ESTAÇÕES, que estará à venda ao público no próximo mês de maio.


Momento em que Camila Figueiredo falava em nome da Chiado Editora
Momento em que Camila Figueiredo falava em nome da Chiado Editora.

De seguida coube a vez ao Dr. Miguel Boieiro falar sobre a 2ª Edição, da obra A FLOR DA ESPERANÇA. Lembrou a amizade que o une ao Delmar, um escritor com vasta obra publicada, que devido ao valor dos seus trabalhos, especialmente no campo da ecologia e do vegetarianismo foi considerado no Brasil como o Rosacruciano do ano 2010. Embora seja agnóstico, vejo nesta obra rica em espiritualidade um profundo espírito de tolerância. É que o seu autor é um grande filósofo, pelo que aborda os temas, neste caso, trinta e dois, que em vez de chamar-lhes capítulos, criou o nome de pétalas, numa alusão ao tema da obra. Dou os meus parabéns à Chiado Editora pela bela capa e pela apresentação geral da obra.

Finalizou afirmando que este trabalho merece ser lido e analisado, procurando melhorar os terrenos em que cada assunto deve ser semeado, na construção de um novo sistema.


Boieiro finalizando a sua intervenção
Boieiro finalizando a sua intervenção

Seguidamente falou o professor e poeta Delmar Maia Gonçalves, presidente do Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora, que lembrou a missão dos poetas na libertação de emoções, na criação de novas pistas, na divulgação de mensagens sobre os mais diversos assuntos. Louvou a Editora em apostar na poesia, lembrando poetas como José Craveirinha, Pablo Neruda e outros, e sobre o valor das suas obras. Neste campo, o seu amigo Delmar Carvalho é um livre-pensador que alerta para os problemas que existem, que pinta quadros com sabedoria, elogia grandes figuras da história da humanidade, etc.


Professor Delmar Maia Gonçalves no uso da palavra
Professor Delmar Maia Gonçalves no uso da palavra.

Uma visão parcial da assistência
Uma visão parcial da assistência

Prosseguindo, o Grupo OS JOGRAIS U... TÓPICOS, de Lisboa declamaram com elevado profissionalismo alguns poemas do autor, que mereceram os maiores elogios, levando a que num deles tenhamos ficado muito emocionado.


Grupo OS JOGRAIS UTÓPICOS
Ver o blogue deste Grupo.

Por fim falou o autor que depois de agradecer a presença de todos, pedindo permissão para prestar uma gratidão especial aos membros da mesa e ao Grupo OS JOGRAIS, que, em sua opinião, honram a lusofonia, que muito lhe deve.

Lembrou a sua amizade com o amigo Boieiro muito embora em alguns temas tenham pontos de vista diferentes, contudo essas divergências apenas fortalecem a amizade, pois ambos cultivamos a tolerância. De modo resumido, divulgou algo sobre os seus trabalhos, recordou o caso de uma sua leitora no Brasil que informou-o aquando da 1ª Edição da FLOR DA ESPERANÇA, que a sua obra a fez chorar pois nela estão ideais tão sublimes que se as pessoas os seguissem o mundo seria uma maravilha, os céus teriam descido à Terra.

Seguiu-se uma sessão de autógrafos que permitiu trocar ideais e ideias, onde pude ver que as pessoas têm mente aberta, algumas estão analisando os problemas com profundidade, muito mais que os que estão nos poderes efémeros.


O autor finalizando este evento
O autor finalizando este evento.

 

[ Informações ]