O Labirinto do Século XXI


No labirinto desta civilização,
Anda tudo num vaivém;
Numa grande confusão,
Ninguém sabe o que tem...

Alguns falam ao coração
Para os votos do Zé Ninguém;
Na propaganda dizem que dão,
Depois o Zé fica sem vintém!

E no meio de tanta frustração
E de muito desdém,
De enorme ilusão,
Demos voz a uma Canção.

Quem manda é o cidadão
Que trabalha para o Bem,
A todos dando a mão
Sem olhar a quem!

Bombarral, 1 de Agosto de 2009

              Delmar Domingos de Carvalho

 

[ Artes ]